O que fazer em Itacaré – O guia completo de tudo que você precisa saber!

O sul da Bahia cada vez mais vem ganhando atenção do público viajante, seja por conta das suas praias, das belezas naturais ou da simplicidade da região. E uma das cidades que está no auge algum tempo, é Itacaré.  A cidade já vive de turismo diretamente. A população é engajada nesse ramo, levam o turismo bem a sério. A região conta com muitas opções sobre o que fazer em Itacaré, que agrada a público diversos. Nós optamos por um roteiro em Itacaré mais relax, curtindo só praias, que têm águas morninhas. E dica: Se tiver tempo, vá conhecer Caraíva também.

Veja mais: 20 fotos arrebatadoras do litoral sul da Bahia, no 7 continents e 1 passaport.

praia do itacarezinho - o que fazer em itacaré

praia do itacarezinho – o que fazer em itacaré

O que fazer em Itacaré – O Guia completo

Conjunto de praias urbanas

Logo na famosa rua da Pituba, existem placas sinalizando o acesso à praia do Resende (o google maps também mostra caminho). É uns 15 a 20 minutos de caminhada, dependendo da localização que for ficar em Itacaré.

A praia do Resende  é a primeira faz parte de um conjunto de 4 praias (uma do lado da outra) urbanas em Itacaré (apesar de terem um ar mais selvagem/bucólico), com maior fluxo de movimento. O balneário conta com umas duas barraquinhas, durante a maré baixa ainda é possível formar-se piscinas naturais em algum ponto do balneário.

<

praia do resende - o que fazer em itacaré

praia do resende – o que fazer em itacaré

Logo após um caminhada pelas pedras, chega-se a praia da Tiririca, que e o point do surfe. Como o mar é agitado por ali, sempre vemos mais surfistas nela. O lugar conta com a presença de algumas pousadas e restaurantes.

praia da tiririca - o que fazer em itacaré

praia da tiririca – o que fazer em itacaré

Em seguida fica a praia da costa, que é a menor praia das 4. A maré uma correnteza mais forte, portanto quase ninguém mergulha por ali.

praia da costa - o que fazer em itacaré

praia da costa – o que fazer em itacaré

A última parada é a praia da Ribeira, que foi a minha preferida. É nela que o rio da Ribeira deságua, tanto que passamos por ele para ter acesso ao local. O mar é muito mais calmo, com ondas mais fracas. Tem presença de vários restaurantes, com mesas pé de areia.

praia da ribeira - o que fazer em itacaré

praia da ribeira – o que fazer em itacaré

Essas acima são as praias mais frequentadas,  ainda existem mais duas opções que não conseguimos ir, que são: Praia do Siriaco (15 minutos da ribeira) e a Prainha, que leva uns 40 minutos de trilha. Essa última, é necessário ir com guia ou morador/surfista local, pois existem muitas bifurcações ao longo do caminho e não tem sinalizações.

A praia da Concha é a principal praia de Itacaré, é  mais perto da rua da pituba e do centro. Por lá, a oferta de barracas (cadeira e guarda-sol) é bem grande, além de bares e restaurantes em toda orla. A maré é bem calma, sendo uma boa pedida para prática de stand up paddle. Apesar de não ser a orla mais bonita da cidade, é ideal para quem está com criança e quer praia mais calma.

praia da concha - o que fazer em itacaré

praia da concha – o que fazer em itacaré

Tem a praia da Coroa também, mas não é recomendável pra banho, é lá que os barcos dos pescadores ficam. Ela  fica bem no centro e é pertinho de todos os pontos da cidade.

Tour das 4 praias de Itacaré – Praias selvagens 

Esse é o passeio mais famoso, que com certeza precisa estar no seu roteiro de Itacaré. O tour das 4 praias dura o dia inteiro e é muito recomendável ir com guia, pois além de saber um pouco mais sobre a história e curiosidades da cidade, você evita de se perder no meio da mata. Fora que fazendo o tour com guia, ajudamos o turismo da cidade, que vive diretamente disso. As agências te buscam e te levam na pousada, o que dá um conforto a mais e evita espera em ponto de ônibus – para quem viaja sem carro.  O preço é cerca de R$60 (abril 2018).

o que fazer em itacaré

Praia da Engenhoca – o que fazer em itacaré

Alguns anos atrás, essas trilhas eram alvos de assaltos, mesmo com guias. Mas de um tempo pra cá, a  segurança deu uma melhorada e é mais tranquilo nos dias atuais. No Viaje na Viagem tem um artigo relatando sobre assaltos, além de comentários de várias pessoas falando sobre a segurança da cidade.

Durante os dias que ficamos na região, não ouvimos falar de nem um assalto, nada do tipo. Tanto que a sentimos segurança andando pelas ruas. E detalhe, que fizemos tudo a pé por ali, até pela noite.

O tour das quatros praias começa pela Praia da Engehoca. O lugar é uma graça. Tem algumas barraquinhas por ali. Logo na entrada tem o rio que deságua, que dá um visual lindo pra toda orla. O lugar é bem indicado para o surfe.

praia da engenhoca - o que fazer em itacaré

praia da engenhoca – o que fazer em itacaré

Logo adiante, chegamos na Praia do Hawaizinho. É aqui que as agências fazem a parada para o almoço. A praia é bem pequeninha, mas é uma das mais lindas das 4 (pelo meu gosto). O almoço nos minis restaurantes têm preços bem convidativos, como por exemplo, porção de peixe com arroz, farofa e vinagrete por R$50 (abril de 2018), servindo duas pessoas muito bem.

Salve essa imagem no Pinterest para consultar essa matéria posteriormenteguia completo sobre o que fazer em Itacaré

praia do hawaizinho - o que fazer em itacaré

praia do hawaizinho – o que fazer em itacaré

A próxima parada é na Praia do Camboinha, que foi uma das praias com menos movimentação. Tanto que nem ficamos muito tempo nela.

praia da camboinha - o que fazer em itacaré

praia da camboinha – o que fazer em itacaré

E a última parada é na Praia do Itacarezinho, a mais famosa do conjunto. São 4 Km de extensão, com restaurante (caro!), pizzaria, sorveteria e alguns outros vendedores na alta estação. Quase no final da praia (do lado esquerdo), tem uma mini cachoeirinha, que deságua  no mar.

praia do itacarezinho - o que fazer em itacaré

praia do itacarezinho – o que fazer em itacaré

Vale lembrar que essas 4 praias têm a correnteza forte. Sendo ideal para prática de esportes aquáticos, como o surfe. Caso não saiba nadar, é recomendável ficar em um ponto no qual a maré é mais tranquila.

Dá para chegar até às praias sem carro, pela BA – 001, KM 12 (itacarezinho).

 Cachoeira Tijuípe

A Cachoeira Tijuípe faz parte do tour das 4 praias que as agências oferecem. Mas dá pra chegar por conta própria em fácil acesso. A estrutura do parque é bem grande, contando com banheiros, restaurantes e orquidários. O poço da cachoeira conta com cerca de 5 metros de profundidade. Porém, existe uma corda que dá suporte para chegar até as quedas (ajuda maravilhosa para quem não sabe nadar). E ó, um banho na cachoeira lava a alma 😉. Reserve um tempinho no seu roteiro de Itacaré para conhecer a cachoeira, mesmo que seja pro conta própria.

A cachoeira fica na BA-OO1, cerca de 20 km de Itacaré. A Rota Transporte que vai sentido Itabuna, te deixa na porta.

A entrada custa R$13, preço de abril 2018.

cachoeira tijuípe - o que fazer em itacaré

cachoeira tijuípe – o que fazer em itacaré

Outra cachoeira famosa na região de Itacaré é a do Cleandro/ Rio Engenho. Não tivemos tempo de conhecer. Porém, é muito recomendável pelos locais. Para ter acesso ao local, é necessário chegar de barco pelo rio. Só pelo passeio de barco no rio, já vale o passeio, né?!

 

Pôr do Sol no Mirante do Xaréu

O mirante do Xaréu, no final da praia da concha, (lado esquerdo) tem um pôr-do-sol maravilhoso. Mas o dia que estivemos por lá, o tempo estava nublado e não teve pôr-do-sol algum.

Mas em compensação, no dia seguinte, assistimos o pôr-do-sol no farol, no final da praia da concha (lado direito), e foi a coisa mais linda que vimos no dia! Então, a dica é: Vale a pena ver o sol se pondo tanto no Farol, como no Mirante do Xaréu 😉.

por-do-sol - o que fazer em itacaré por-do-sol - o que fazer em itacaré

Tirolesa e Rafting

O rafiting é feito pelo rio das Contas. É um dos passeios mais pedidos. Caso goste de aventuras, fica a dica. O arvorismo é um dos mais legais também, no final tem uma tirolesa que passa por cima da praia da Ribeira. Não tivemos tempo de fazer os dois programas, mas ficamos de olho nos dois 😍😍. Cada passeio está saindo cerca de R$100 por pessoa (abrill 2018)

Onde se hospedar em Itacaré?

Nós ficamos no Hotel Aldeia do Mar, que é único hotel pé de areia de Itacaré. O empreendimento está situado no final da praia da concha, bem coladinho com o farol. É uma boa pedida para quem busca por conforto e comodidade, com a simplicidade da cidade.

O Hotel conta com apartamentos bem amplos, com uma varadinha passando um clima bem calmo. É  uma bom lugar para relaxar e aproveitar a viagem.

aldeia do mar - onde se hospedar em itacaré

aldeia do mar – onde se hospedar em itacaré

Já para quem quer lugar mais simples, o Residencial Cariocaré é um dos melhores custo x benefício na cidade, paralelo com a rua da pituba. Porém, eles não oferecem café da manhã, nem amenities. O serviço de quarto é feito a cada 3 dias. Mesmo assim, é um boa dica, já que a cozinha os hóspedes podem usar. Os apartamentos na versão família, a cozinha vem equipada. O que ajuda na hora de economizar com refeição.

Veja outras dicas de onde se hospedar em Itacaré



Booking.com

 

Onde comer em Itacaré?

Na famosa rua da Pituba encontramos vários restaurantes, lanchonetes, tapiocarias, hamburguerias, etc.  Não falta opções de onde comer em Itacaré. Tem para todos os tipos, gostos e bolsos.

O Oxe’s burguer  conta com hambúrguer simples a partir de R$9, acompanhado de batata frita. O fornalha restaurante, serve self-service na hora do almoço com preço de R$4,49 100 gramas.

Uma das grandes surpresas de conhecer a culinária da região, foi  o Marley’s Tapa Bar. Provamos alguns tapas que a casa oferece no cardápio. Vale dizer que a culinária dali é criativa e contemporânea, como é o caso dos tapas, que recebeu toque baiano pelo Chef Kevin (um belgo que mora na Bahia algum tempo).

Fomos de Iscas de peixe com chips de beterraba e molho tártaro. O prato é uma delícia! O ponto alto pra mim foi a beterraba chips, que é muito saborosa. Não tem aquele gosto forte que o legume tem. E isso foi muito diferente. Combinou muito bem com o peixe e o molho 😃. (R$25 a porção do prato)

marley's tapa bar - onde comer em itacaré

marley’s tapa bar – onde comer em itacaré

Ainda experimentamos em tamanho degustação o prato camarões ao caramelo picante de maracujá. O caramelo de maracujá é bem docinho, o que pode se tornar até enjoativo para alguns paladares. Mas achei a combinação perfeita! (R$25 a versão original do prato)

Já o camarões na manteiga de alho e ervas ganhou nosso coração. O prato lembra aquele tempero caseiro, preparado em casa, sabe? Bem gostosinho, tendo uma harmonia muito boa entre o camarão e o tempero. (R$25 o prato tamanho original).

marley's tapa bar - onde comer em itacaré marley's tapa bar - onde comer em itacaré
Da esquerda é do com molho de maracujá e o da direita é na manteiga com alho e ervas

Encerramos com o brownie quente com sorvete de baunilha e amendoim caramelizado. O brownie é bem macio e desmancha na boca. O amendoim caramelizado dando um toque pro prato ficou muito bom.

marley's tapa bar - onde comer em itacaré

marley’s tapa bar – onde comer em itacaré

Onde fica: O Marley’s está na Avenida Castro Alves, 284. Na rua da praia da coroinha.

Quando ir em Itacaré?

Durante dezembro e janeiro a cidade fica muito cheia, altíssima temporada, preços muito mais caros. Fica até chato aproveitar a cidade com calma. Normalmente esses dois meses, chuvas são menos frequentes.

Fevereiro e março a baixa temporada começa aparecer na cidade, mesmo assim, o fluxo de visitantes é grande.

Já entre abril e maio, é definitivamente, baixa temporada. A cidade fica mais vazia, tanto que algumas lojas da rua da pituba só abrem depois das 17h.

Os períodos mais secos, com probabilidade menores de chuvas são de agosto até fevereiro. Já entre Março a julho, a probabilidade de chuva já é maior. Fomos em abril, pegamos chuva torrencial em alguns momentos. Algum dia o outro o tempo ficava nublado, mas logo depois o sol aparecia mais intenso. Pegamos apenas um dia de chuvoso mesmo, que foi o dia que chegamos na cidade.

Em julho é uma boa época para quem gosta de surf, já que o mar está mais agitado.

praia do resende - o que fazer em itacaré

praia do resende – o que fazer em itacaré

 

Como chegar em Itacaré?

A maneira mais rápida de chegar em Itacaré, é por Ilhéus, seja pelo aeroporto ou rodoviária. Existem transfers que cobram cerca de R$170 por pessoa de Ilhéus – Itacaré.

Tem opções de táxis também, que fica em uma média de R$200 na bandeira 1 e R$250 na bandeira 2. Mas é necessário deixar pré agendando, porque nem todo mundo pode querer pegar uma corrida longa. Afinal, são  mais de 70Km de distância.

A opção mais em conta é ir de ônibus, que saí de Itabuna e passa na rodoviária de Ilhéus de hora em hora. O preço da passagem é média de R$15 e R$18 com seguro viagem. A empresa que opera Itabuna x Itacaré é a Rota Transportes. A viagem dura 2 horas.

Quantos dias é essencial ficar em Itacaré

Acredito que cerca de 5 dias você conseguirá aproveitar e usufruir de muita coisa. Como nem todo mundo tem esse tempo todo, 3 dias inteiros dá pra conhecer bastante coisa e fazer os programas praias mais famosos.

Lembre-se de aproveitar a cidade com calma, com aquele olhar de curioso. Aproveite o clima bucólico ao máximo 😃😄.

 

Dicas gerais

  • Leve protetor solar, óculos de sol e chapéu. O sol é bem intenso até na baixa temporada;
  • Leve roupas confortáveis. O uso do chinelo é para todos os programas, até para saídas à noite;
  • Mantenhas às praias limpas. Leve sacolinha e recolha seu lixo;
  • Existem apenas agências do Banco do Brasil, da Caixa e Bradesco na cidade. Demais bancos, pode-se utilizar o caixa 24h espalhados na cidade;
  • Nem todos os estabelecimentos aceitam cartão, a grande maioria só aceitam débito. Então, sempre tenha um pouco de dinheiro no bolso.

 

Os preços revelados ao longo do texto, são referentes ao mês de abril de 2018. Dependendo da época da sua viagem, os mesmos poderão ter sofrido alterações.

Deivson Santana

Capixaba de 23 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. Viajante muquirana, mas que curte comer bem e gosta de hospedagem confortável. É o tipo que faz tudo por pontos aéreos.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. maio 4, 2018

    […] Veja mais: O Guia completo de Itacaré […]

  2. maio 9, 2018

    […] Leia mais: Roteiro de 5 dias em Itacaré […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *