Pedra Azul e Venda Nova: Um combo imperdível na região Serrana

A região de Pedra Azul, em Domingos Martins – ES, é uma das queridinhas pelos capixabas, principalmente na temporada de inverno. Faz parte da rotina dos capixabas “subirem” as montanhas para desfrutar as baixas temperaturas da região de Pedra Azul, que costumam sempre serem mais amenas que nas outras regiões do estado. A região de Pedra Azul conta com diversos restaurantes, várias opções de pousadas e também de passeios. Já contamos nossa experiência com hospedagem na região e também as várias atrações que o lugar oferece para vocês. 

<

Hospedagem Pet Friendly no China Park

Nós somos apaixonados por aquele cantinho e sempre que podemos estamos lá aproveitando as belezas do lugar. Vale a pena ir até mesmo de bate-volta, para um passeio com a família ou uma pegada mais romântica. Um lugar que já se tornou nosso queridinho na região é o Hotel Fazenda China Park, que é maravilhoso para diversos públicos: grupos de amigos, famílias, casais e até pros animais de estimação! Tivemos uma ótima experiência ao levar nosso cachorro com a gente e ele simplesmente adorou!! O que eu acho mais legal do China Park é que eles oferecem um entretenimento completo, não sendo necessário sair do hotel para se divertir, mas se você é do tipo que adora um passeio, ele está muito próximo aos pontos turísticos mais interessantes da região de Pedra Azul e também do centro de Domingos Martins, então não há com o que se preocupar. A respeito aos pets, eles só são permitidos nos chalés, por conta da privacidade em relação aos possíveis latidos (ou miados) dos bichinhos. É cobrada uma pequena taxa de hospedagem para o animal, que vocês podem se informarem diretamente com eles.

Veja mais: Encontre hospedagem em Pedra Azul com os melhores preços

Guia Pet Friendly: Quer saber os lugares que aceitam animais no ES? Se liga nessa dica! 

Laticínio Orollate

Desta vez que estivemos em  Pedra Azul, fomos conhecer alguns produtores na região de Venda Nova do Imigrante, que tem se destacado muito pelo agroturismo, principalmente pelos cafés da região. Venda Nova é uma cidade pequena de imigração italiana, que fica à aproximadamente 110 km de Vitória, bem pertinho de Pedra Azul.  Nosso primeiro ponto de parada foi no Orollate, um pequeno laticínio capixaba especializado em queijos “gourmet”. Os queijos são semi-cozidos e curados por no mínimo 2 meses. Fizemos uma degustação e o que foi aquilo?? Eu AMO queijo e fiquei simplesmente maluca! O que eu mais gostei foi um com base de Iogurte e claro que levei uma pecinha para casa! Achei o preço bem em conta em relação à qualidade do produto! Se você ama queijo, acho super válido dar uma conferida e valorizar os produtos locais. No site deles tem as informações de como chegar, mas é bem tranquilo, só tem que ficar atento porque tem uma boa tarde da estrada que é de chão, ou seja, se chover complica um pouquinho, mas nada demais. A saída é no km 98 da BR 262, tem várias placas indicando o caminho é só ir seguindo que dará certo.

Degustação de queijos no laticínio Orollate

Cervejaria Altezza

Outro lugar que eu fiquei super apaixonada foi a Cervejaria Altezza! Seguindo a mesma estrada que leva ao Orollate, mais a frente fica a cervejaria. De cara você já fica abismado com a vista do lugar! É simplesmente surreal o tanto de natureza que tem no local e sem contar que a casa onde é a cervejaria é uma coisa de outro mundo. Essa casa foi movida de lugar, isso mesmo, ela ficava em … e eles retiraram a estrutura que é em madeira e montaram onde hoje está a cervejaria.  Só visitando mesmo para entender o que estou falando, é linda demais.  Estruturas à parte, essa pessoa aqui é amante da cerveja artesanal! Então pensa o tanto que fiquei maluca com as opções de cerveja que eles produzem. Tivemos uma super aula sobre todo o processo de produção e depois pudemos apreciar as cervejas maravilhosas lá da Altezza! Sério, é de se embriagar e perder o rumo de casa, porque não dá vontade de parar! Dica: Vá com alguém que não beba, porque álcool e direção não combina e nós sabemos disso!! A cervejaria abre aos finais de semana das 10:00 às 17:00 e tem algumas opções de pratos à la carte também. Para quem deseja visitar durante a semana é necessário fazer a agendamento prévio pelo telefone: (28) 9 9989 3311 e grupos maiores também precisam agendar.

Degustação de Cerveja na cervejaria Altezza

Pousada Pedra Azul

Você sabia que o restaurante da Pousada Pedra Azul é aberto ao público? Nós descobrimos a pouco tempo e fomos lá conferir! Como chegamos a noite, não conseguimos ver como a pousada é bonita, visitamos apenas o restaurante e ficamos encantados com a pegada rústica e sofisticada do local. Tudo de muito bom gosto e muito aconchegante, ideal para um almoço ou jantar de casal. O menu sugerido pelo chef foi um medalhão de filet mignon envolto com bacon, acompanhado de ravioli e molho de jabuticaba. O sabor estava excelente, o ponto da carne…perfeito! No outro dia, voltamos à pousada para conferir como ela é durante a luz do sol e gente, que lugar lindo!! A natureza é simplesmente deslumbrante, o visual da lagoa, da Pedra Azul e sem contar, no barulho da cachoeira que passa dentro da propriedade! Sim, uma cachoeira! É um daqueles lugares que você não sente vontade ir embora, dá vontade de morar lá pra sempre!

 

Pousada Pedra Azul

Jantar no Restaurante da Pousada Pedra Azul

Rota do Lagarto

E por fim, para fechar nosso passeio em Pedra Azul, visitamos a Rota do Lagarto e fizemos aquela parada “obrigatória” no km 7 da Rota que para mim é o lugar mais charmoso da região. O detalhe é que como fomos durante a semana e na baixa temporada, então os estabelecimentos estavam fechados.Se você pretende visitar nesses dias é melhor se certificar do que vai abrir para não se decepcionar. Os estabelecimentos abrem a partir da quinta-feira e nos outros dias existe um revezamento entre eles, é melhor consultar antes o que vai funcionar para se programar melhor!

Amamos o KM 7 da Rota do Lagarto

 

 

Nathana Reis

tem 27anos, é mineira radicada no Espírito Santo que vive com a mala na mão. Quer sair por aí e ver o mundo como ele é. Adora idiomas, cultura e gastronomia. É tipo uma mochileira com mala de rodinha. Seja pelo ar, terra ou mar, ela quer é viajar!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *