O que fazer na Grande Vitória com chuva?

Nosso amado Estado é lindo e maravilhoso, isso todo mundo está careca de saber. Mas o que fazer na Grande Vitória com chuva? Essa é a pergunta que muitos conterrâneos e turistas se perguntam sempre que chove em Vitória.  E olha, esse lista nos surpreendeu, viu?! Existem tantas coisas legais, então confira as dicas para aproveitar Grande Vitória com chuva.

o que fazer em vitória com chuva

Foto Divulgação

 

O que fazer na Grande Vitória com Chuva?

Paneleiras de Goiabeiras

As paneleiras de Goiabeiras podem ser uma boa alternativa para dias de chuva em Vitória. Na associação das paneleiras, é possível comprar as famosas panela de barro, além de acompanhar todo o processo de produção das panelas. O visitante ainda pode combinar de fazer sua própria panela, mas com o tempo fechado, pode não ser uma boa.

Funciona todos os dias, de 8h às 19h.

Tour Gastronômico

Chuva pode ser sinônimo de comida, porque quando o tempo vira, a fome parece que ataca mais, né? E conhecer algum restaurante novo na cidade pode ser uma boa. Aqui tem dicas de Restaurante com menu vegetariano e vegans. E aqui 6 restaurantes super legais para conhecer.

Onde comer em Vitória e arredores - Caponata Gastrobar

Onde comer em Vitória e arredores – Caponata Gastrobar – Picanha Caponata

Loja da Chocolates Garoto

A lojinha da Chocolates Garoto,e em Vila Velha é uma boa alternativa. Apesar da qualidade dos chocolates terem caído e os preços serem um pouco mais caro, mas é um passeio bem bacana.  E é uma alternativa bem legal para o que fazer na Grande Vitória com chuva. Eu gosto muito de ir na lojinha da Garoto para poder comprar os bombons da caixa amarela avulsos. Chocólatras fazem a festa ali.

Funcionamento: Segunda a sexta: 9h às 17h. Sábado: 9h às 14h

loja da chocolates garoto

 

Museu Vale

O Museu Vale também está localizado em Vila Velha, e é um dos lugares mais legais para ir em dias de chuva. O visitante conhece uma maquete enorme sobre a Estrada de ferro Vitória a Minas. Uma das atrações principais é um vagão da Maria Fumaça aberto ao visitante conhecer por dentro e tudo mais.

O Museu Vale ainda conta com o Museu Café, que é um restaurante, onde uma parte dele é um vagão de um trem de verdade. Muito legal! Os preços são medianos e a comida é muito boa.

 

Veja mais: O que fazer no ES em 5 dias
Mais: Encontre hospedagens pelo ES com os melhores preços

Museu Vale

 

Casa de Pedra

A Casa de Pedra, em Jacaraípe, na Serra pode ser uma boa opção. Visto que o lugar parece mais um museu. O dono do lugar é o Neusso, que construiu toda a casa com pedras. A casa é simples aos nossos olhos, mas é muito rica em detalhes e cada cantinho tem uma história. O artista Neusso ainda vende suas peças que produz com  troncos de árvores já sem vida. É uma boa pedida para que gosta de arte e cultura. Na mesma rua onde a casa está instalada, existem vários artistas também.

Funciona todos os dias o dia inteiro. Tem uma caixinha de colaboração logo na entrada. Eles pedem R$2, para quem puder.

casa de pedra

 

Igreja Reis Magos

A Igreja e Residência Reis Magos está situada em Nova Almeida, na Serra. É um lugar um pouco mais longe de Vitória, cerca de 35 Km mais ou menos. A Igreja tem uma história incrível, primeiro que desde sua construção em 1580. Atrás da igreja tem um mirante lindo com vista para a praia Grande, em Fundão e para Nova Almeida. Porém, em dias chuvosos não tem uma visão tão bonita assim, né?

Saindo da Igreja, uma dica é fazer parada na lojinha “Os Tradicionais Quindins de Nova Almeida” só pelo nome, já dá saber do que se trata, né? Por lá, são vendidas os famosos quindins e outras gostosuras também. E bem ao lado da lojinha tem o Domingos Sorvete, com o famoso picolé Itu. Além de conhecer Nova Almeida, esse giro gastronômico é obrigatório para quem vai em Nova Almeida.

A Igreja funciona todo os dias o dia inteiro (normalmente até às 17h)

O Tradicional Quindim de Nova Almeida funciona todos os dias, de 9h às 20h.

Domingos Sorvete funciona todos os dias, de 8h às 22.

igreja reis magos

Deivson Santana

Capixaba de 23 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. Viajante muquirana, mas que curte comer bem e gosta de hospedagem confortável. É o tipo que faz tudo por pontos aéreos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *