Cada um no seu tempo

A vida adulta é cruel. Não é aquele mar de rosas que pensamos quando crianças. É formar no ensino médio, arrumar área de formação desejada, trabalho, namorad@, casar, ter filhos e ser bem sucedido profissionalmente, claro. Já reparou as milhares que coisas que a sociedade nos cobra? Se fulano larga o emprego cobiçado e tira um ano sabático para viajar, ele é maluco, né? Mas já pensou os desejos e as prioridades da pessoa?

Passei anos me cobrando para conseguir algumas coisas só porque muita gente da minha idade estava indo pelo mesmo caminho. Depois que fui perceber que estou exatamente onde era para eu estar. As coisas só acontecem na hora exata. Cada um no seu tempo e momento.

 cada um no seu tempo

cada um no seu tempo Imagem: Pixabay

Não é porque um jovem de 20 poucos anos é dono de uma das maiores empresas da sua cidade, que você precisa ser dono de uma empresa grande também. Existem gostos e prioridades diferentes na vida de cada. Hoje, estou com meus 20 e  alguns anos, e pouco tempo trabalhando numa área que não imaginaria trabalhar – que é o blog – e amando esse ciclo da vida.

Claro que sou cobrado o tempo todo por não ter uma renda fixa, por trabalhar em casa – ainda existe esse preconceito, as pessoa acham que fazemos nada o dia todo, pelo contrário, eu tenho muito mais trabalho do que trabalhando em empresa com carga horária de 8 horas por dia.

 cada um no seu tempo

cada um no seu tempo Imagem: Pixabay

Precisamos parar de julgar as escolhas e o ciclo de cada um. Se a pessoa ter filhos mais com idade, isso é questão dela, que pode envolver vários problemas por não feito essa decisão mais cedo. Não dá pra obrigar ninguém a arrumar um casamento, sendo que a pessoa quer viajar um ano. Ou quer estudar mais tempo. Ou simplesmente não quer casar e ponto. Cada um no seu tempo, com suas felicidades e anseios diferentes.

Precisamos ser mais compreensíveis. Precisamos de mais compaixão e respeito pelo próximo.  Aprendi que tudo tem um propósito na vida.

E sobre os sonhos que tinha: Muitos estão guardados, outros foram deixados de lados. Mas tenho certeza que na hora que for acontecer os sonhos guardados, será no momento certo. Enquanto isso, vamos aproveitando as oportunidades que vão surgindo.

 

Deivson Santana

Capixaba de 23 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. Viajante muquirana, mas que curte comer bem e gosta de hospedagem confortável. É o tipo que faz tudo por pontos aéreos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *