Museu Mello Leitão em Santa Teresa

O Museu de Biologia Professor Mello Leitão, localizado na cidade de Santa Teresa, é um charme a parte na terra dos colibris. Criado em 1949 pelo Augusto Ruschi para ajudar em suas pesquisas.

Para quem não sabe, Augusto Ruschi era cientista e biólogo que lutava pelo meio ambiente. O mesmo estudou diversas espécies de plantas e animais, mas o seu reconhecimento veio através das pesquisas sobre beija-flores e orquídeas. Seu falecimento foi no ano 1986,  recebendo então o titulo de “Patrono da Ecologia do Brasil” pela Câmara dos  Deputados.

museu mello leitão

O Museu Mello Leitão conta com 30.000 metros e com uma importante missão: proteger a biodiversidade da Mata Atlântica. No local podemos encontrar serpentário, viveiros de aves, animais empalhados, pavilhões de botânica e muitos beija-flores (coisa mais linda). Pro lado de fora ninguém imagina a grandeza, a paz  de espírito que o lugar proporciona, principalmente quando encontramos os beija-flores.

Veja Mais: Saiba o que fazer em Santa Teresa
Hospedagem: Encontre pousada em Santa Teresa aqui

museu mello leitão em santa teresa    museu mello leitão em santa teresa  museu mello leitão

museu mello leitão (10

Museu Mello Leitão em Santa Teresa

O show à parte do Museu Mello Leitão é a “varanda dos colibris”, na antiga casa do Augusto Ruschi, que é ocupada hoje pela administração do museu. O lugar proporciona um momento único; observar tantos beija-flores é quase que uma terapia ver aquele espetáculo deles.

Informações

Funcionamento: De terça a domingo, das 8h às 17h, entrada gratuita.
Endereço: Avenida José Ruschi, 4- Santa Teresa.

Este post faz parte de uma blogagem coletiva com blogueiros de viagem capixabas, com dicas para aproveitar o feriado 7 de setembro no Espírito Santo. Abaixo você confere as sugestões dos blogs participantes:

 

Deivson Santana

Capixaba de 25 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. É o tipo de viajante de gosta de conforto e luxo, como um bom taurino, mas é muquirana. Faz tudo por ponto aéreos.

Você pode gostar...

15 Resultados

  1. Alyssa disse:

    Que delícia! Eu AMO Beija-flores, já vou incluir esse museu na minha lista quando for visitar Santa Teresa! São tantos lugares que por fora não imaginamos que são legais mas quando entramos nos surpreendem de maneira positiva, né?

  2. Paula Brum disse:

    Que lindo. Agora sei de onde saiu um vídeo que vi rolando por aí (seu, talvez?). A lista de lugares imperdiveis, por aí, só cresce e, muito, por sua culpa, claro. BjO!

  3. Afonso Solak disse:

    Que ideia genial! Me deu vontade de fazer uma varanda como esta em casa! Sempre digo que se não fosse engenheiro teria feito biologia! Se um dia ainda fizer, serei “projetista de zoológicos”. Obrigado pelos dados!! Abraço!

  4. E essa quantidade de beija flor? Oo que lindeza! Tá aqui na minha lista do que fazer quando me convidarem pra segunda edição do Pocando no ES! :)

  5. Tomara que eles não estejam colocando açúcar na água dos colibris! Isso faz mal para eles. =~

    Esse texto abaixo é muito bom, conta como foi a história do Augusto Ruschi lutando contra a vida após receber veneno de um sapo. Vale a pena ler e ver os “feitos” do cacique Raoni.

    http://riscafaca.com.br/historia/a-ressurreicao-de-augusto-ruschi/

  6. Que coisa mais linda esses beija-flores! encantada! Preciso urgente mirabolar uma viagem para o Espírito Santo!!!

  7. Incrível como ES tem tanta coisa bacana, mas ainda é pouco explorado. Obrigada por mostrar essas belezuras para nós viajantes!

  8. talita disse:

    Que delícia esse passeio! Uma passada pelo Espírito Santo está nos meus planos, e já vou colocar este museu (com os colibris <3 ) no roteiro! Obrigada pela dica!

  9. Que ótima dica, o museu nos transmitiu muita paz! Vamos anotar a dica para quando voltarmos ao Espirito Santo, afinal, moramos em Minas, bem pertinho, rs. Abraços, Cristina e Renato – Blog Pegadas na Estrada!

  10. Guaciara disse:

    Só pelos colibris eu já amaria a visita! Eu adoro biologia, foi um curso que cogitei fortemente em fazer na adolescência e minha matéria favorita! E adoro beija-flor, essa avezinha tão bela e delicada! Quando eu morava num apartamento no terceiro andar, eu deixava o néctar na janela para eles me visitarem, entravam em casa e tudo! Agora moro no 15, sem chance, rs…

  11. Também quero observar os beija-flores da varanda. Coisa linda! Amo estar em contato com a natureza :)

  12. Eu fui nesse Museu há muitos anos atrás (e põe anos nisso! rsrs). Depois que li seu relato estou vendo que preciso retornar urgente! Parabéns pelo post!

  13. Que delícia de post. Esse é, com certeza, meu museu favorito no estado. Amo a área com os beija flores e também a de taxidermia – apesar de nada consciente, acho interessantíssimo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *