Conheça Matilde, Alfredo Chaves





Aqui no Espírito Santo somos contemplados de ter praias e montanhas perto um do outro. O pessoal que mora na região da grande Vitória, por exemplo, pode subir as montanhas e serrana no máximo em 1 hora.

Alfredo Chaves faz parte da região serrana do Espírito Santo, ou seja, clima mais fresco, ar puro e aquele charme que as cidades das montanhas têm, apenas 90km de Vitória.


Resuminho da história da cidade: 

O município teve colonização portuguesa, lá no século XIX, quando Dom Pedro II doou ao guarda de honra da corte, Augusto José Álvares e Silva, 500 alqueires de terra…

A partir de 1877 e 1878, que os italianos começaram a chegar na cidade, fazendo residência em Alto Benevente. Aqui você pode ler a história completa do município.

A cidade se desenvolveu por meio da agricultura, que hoje é a principal atividade econômica do município.

<
 

O que fazer em Matilde, em Alfredo Chaves

Nós não conseguimos conhecer todas as atrações da cidade, por questão de tempo, porém conhecemos muita coisa na região de Matilde, que é a área mais famosa da cidade.

Em Matilde você pode conhecer a estação de trem, que conta com uma cafeteria, lojinha de artesanatos e de produtos regionais, além de correios e informações ao turista.

alfredo chaves

Seguindo os trilhos da estação, mais ou menos 800 metros na frente você chega no túnel dos escravos ou túnel encantado. O túnel encantado foi construído na época da construção da ferrovia que corta a região para desviar o Rio Novo de Matilde, já que o rio passava por cima da linha. O túnel conta com 65 degraus ao todo – Ok, não conseguimos descer tudo, subimos logo na metade por conta de uns morcegos.  Os degraus são desnivelados e cheio de buracos, deixando a atração emocionante. Vale lembrar que o túnel é escuro, então leve uma lanterna e vá de tênis, já que é arriscado ir descalço.

pousada vila mathilde

As atrações não param por aí . Você pode fazer rapel na cachoeira Engenheiro Reeve, ou Cachoeira de Matilde (como é mais conhecida) com o pessoal do Rota do mato Adventure. Caso seja medroso, poderá apenas tomar banho lá em baixo ou ficar no mirante apreciando a vista da cachoeira com a natureza.

Mirante Vale Santa Maria Madalena fica logo na entrada da escadaria que dá acesso ao mirante da cachoeira de Matilde. Lá, você pode usar sua imaginação para fazer suas fotos (foto abaixo, na direita).

Veja Mais: Onde ficar em Alfredo Chaves – Pousada Vila Matilde

matilde, alfredo chaves

Foto: Rota do mato

alfredo chaves   alfredo chaves
** Foto da esquerda é a cachoeira de Matilde; foto da direita é o mirante vale  santa Maria Madalena**

 

Ainda tem a prainha que não conseguimos conhecer e o passeio de quadriciclo.  Mas já está na lista para próxima ida à cidade.

Fora os outros lugares que contam com atrações bem legais.  Você pode saber mais dos outros programas no site da Prefeitura de Alfredo Chaves.

 

Onde comer

O centrinho é bem bonito. Conta com bares legais com gente bonita, tem posto de gasolina, mercearia restaurantes etc. Vale lembrar que Matilde não tem banco, caixa eletrônico e nem farmácia. Somente no centro de Alfredo Chaves, há 18 km dali. Então já vá prevenido.

Em breve falamos um post especifico sobre onde comer em Matilde.

 

Onde ficar

Nos hospedamos na Pousada Vila Mathilde, que é puro amor.  Uma pousada bem familiar, confortável e com detalhes rústicos. A pousada conquistou nosso coração.

pousada vila mathilde



Booking.com

Quando ir

Alfredo Chaves é um destino que você pode aproveitar o ano todo. Claro, que dependendo do dia do inverno, você não consegue tomar banho na cachoeira por causa da água gelada. Mas os outros atrativos você faz sem problemas. Fomos no inverno e a parte do dia estava “quente”, o que nos ajudou muito. Mas durante a noite as temperaturas caem bastante.

Como chegar em Matilde

Indo de ônibus, a empresa Águia branca conta com um único horário, diariamente, às 6h30 na rodoviária de Vitória. Já a volta é às 14h20.

Indo de carro, você pode ir uma parte pelo litoral sul. Ou então ir no sentindo Pedra Azul.

Dicas e Informações

  • Levar repelente
  • Levar tênis extra para quem for descer o túnel encantado
  • Recomendamos pelo menos 2 dias na cidade para conhecer o básico.
  • Vale lembrar que os preços das coisas por lá são bem mais em conta do que a sua cidade vizinha Domingos Martins, seja na alimentação, hospedagem ou em passeios.

 

 

Deivson Santana

Capixaba de 25 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. É o tipo de viajante de gosta de conforto e luxo, como um bom taurino, mas é muquirana. Faz tudo por ponto aéreos.

Você pode gostar...

17 Resultados

  1. Indyara disse:

    Muito lindo!!!! Eu quero ir! Quem segue o blog tem desconto???

  2. Acho Matilde muito bom! Gosto de ir lá. Estou para escrever um post sobre esse lugar e só fico enrolando. Parabéns pelo post.

  3. Ana Christ disse:

    Que delícia de post, Deivson! Fiquei com vontade de ir!!!!! Nunca tinha ouvido falar nesse lugar!
    As fotos estão lindas!
    Beijos

  4. Elias Coelho disse:

    Deivson obrigado pelas informações, onde lá tem o quadriciclo ?

  5. Nunca tinha ouvido falar! E pelo mapa, parece pertinho de Vitória, né?

  6. Fran Agnoletto disse:

    Adorando conhecer mais do Espírito Santo através do blog.
    Parabéns!!

  7. Preciso urgente voltar pro Espírito Santo! Cada lugar lindo que não deu tempo de conhecer! Ah e quero muito ver este post de Onde Comer em Matilde. Hehe.

  8. Sonia disse:

    Pareceu um delícia de cidade! E essa foto do mirante? Incrível :)

  9. Que delícia de lugar, Deivison!
    Agora fiquei com mais vontade ainda de conhecer!

    Bjs e obrigada pela dica e pela ajuda! :)

  10. Angelina disse:

    Olá!! Qtos dias recomenda para conhecer Alfredo Chave?

    • Deivson Santana disse:

      ei, Angelina! dois dias vc consegue conhecer bem Matilde, ainda se tiver disposição conhece o centro de Alfredo Chaves! depois conta pra gente como foi?
      Abraço

  1. fevereiro 15, 2018

    […] Você já conhece Matilde, na Região Serrana do Espírito Santo, a uma hora da capital? => Hospede-se em Vitória e Vila […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *