Dicas para quem pretende fazer intercâmbio

Você pensa em fazer intercâmbio? Conversamos com a Juliana Kuster, que está estudando e trabalhando no Canadá através do programa College co-op. Juliana é recém formada em jornalismo, e foi correr atrás de complementar seu currículo fora do Brasil.

Vale a pena lembrar que hoje em dia existem vários tipos de intercâmbios culturais. Em algumas agência você já consegue encontrar programas de três semanas, mas isso é escolha de cada um. Batemos um papo com a Juliana, e ela respondeu algumas perguntas pra gente, especialmente para quem pretende fazer intercâmbio algum dia.

1 – Muita gente pensa em fazer um intercâmbio para conhecer novas culturas, pessoas e idioma. O que muita gente esquece são das dificuldades do dia – a –dia. Relata pra gente quais foram suas dificuldades no começo do intercâmbio e as dificuldades de hoje.

Acredito que todo início de intercâmbio é meio complicado, são muitas as incertezas e inseguranças. Os primeiros meses são os de adaptação, e são os mais difíceis. A minha primeira dificuldade foi o idioma, tinha muita vergonha de falar inglês, mas com o tempo fui me soltando e perdendo o “medo” de falar, mas fora isso, existem várias coisas que acabam sendo difíceis no início, como por exemplo, fazer novas amizades, se adaptar a novas culturas e hábitos, a comida local, etc. Hoje a minha maior dificuldade é driblar a saudade que sinto dos meus pais.

<
Dicas para quem quer fazer intercâmbio

2– Escolher um programa de intercâmbio não é tão simples como parece, não é?! Como foi o processo de seleção do seu intercâmbio? Você pensou em só ir para estudar, ou estudar e trabalhar?

Não é simples, e precisa de muito planejamento. Eu sempre tive o sonho de fazer intercâmbio, e estava decidida que seria no Canadá. Demorei muito tempo para decidir em qual cidade morar, mas após muitas pesquisas, acabei escolhendo por Vancouver. Como eu queria vir para estudar e trabalhar, pois queria ter uma experiência internacional em meu currículo, decidi fazer um college co-op, pois assim eu conseguiria ter a permissão de trabalho e estudo. Fiz orçamentos com diversas empresas e acabei optando pela que me deu mais assistência e me passou mais confiança, é muito importante pesquisar a agência e ver se realmente vão dar o suporte antes, durante e depois do intercâmbio.

Dicas para quem quer fazer intercâmbio

3 – Hoje, após alguns meses longe de casa, você acha que amadureceu mais, no sentindo de independência?

Com certeza! Apesar de já ter morado sozinha antes de vir para o Canadá, acredito que aqui eu consegui ter mais independência.

4 – Faça um relato pra gente sobre a sua rotina durante o dia – a – dia.

A vida aqui é muito corrida, tento aproveitar ao máximo todos os momentos, principalmente agora no verão que temos sol até tarde. Atualmente não estou estudando, então durante a semana eu trabalho e nos finais de semana aproveito para sair com amigos e fazer passeios.

Dicas para quem quer fazer intercâmbio    Dicas para quem quer fazer intercâmbio

5 – Livre pra deixar um aviso, alertar de algo etc.

Se você tem vontade de fazer um intercâmbio e ter uma experiência internacional, não tenha medo e enjoy! Viajar, conhecer lugares, países e pessoas é incrível e torna nossa vida e história cheia de referências. Esteja aberto para novas culturas, costumes e pessoas. Se prepare para muita diversão e momentos incríveis. Vá sem medo e viva essa experiência!!!

 

Caso você tenha alguma dúvida, deixe aqui nos comentários.

Deivson Santana

Capixaba de 25 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. É o tipo de viajante de gosta de conforto e luxo, como um bom taurino, mas é muquirana. Faz tudo por ponto aéreos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *