Vida de Comissário de voo


Você já pensou de como é a vida de comissário de voo? Sempre tive uma “vontadinha” de saber mais a fundo sobre essa profissão, por isso, convidei meu amigo para falar um pouco pra gente sobre esse assunto que mexe com a cabeça e imaginação de muitas pessoas.

Várias pessoas têm vontade de fazer o curso, sem ao menos ter noção do se trata de verdade. Mandamos algumas perguntas para o Lucas Nascimento, que hoje é comissário de uma companhia aérea nacional. Vamos ao que interessa!

“Olá pessoal, meu nome é Lucas Nascimento, nasci em Vitória, no Espírito Santo. Cursei jornalismo na Universidade Vila Velha e me formei como comissário de voo na Escola First Class, em Vitória. Trabalhei na área do jornalismo por quase 3 anos até conseguir entrar na aviação, atualmente trabalho como comissário em uma companhia aérea brasileira.

Ser comissário de voo é gratificante, vivenciamos momentos únicos, que talvez outras áreas profissionais não teriam me proporcionado. Tornar a viagem dos clientes segura e agradável é o nosso papel, somos responsáveis pelas vidas que transportamos. Ver um cliente entrando na aeronave com medo e saindo gargalhando dizendo que amou o voo, nos motiva sempre. Promover encontros até então “impossíveis” é algo gratificante.

Nem todas pernoites ou inativos (quando ficamos um período superior a 24h de repouso em uma cidade) conseguimos conhecer a localidade, pois na maioria das vezes chegamos cansados do voo, mas sempre que possível vivenciamos a cultura local e conhecemos algo de “novo. ”

Vida de Comissário de voo1 – Qual lugar da grande vitória existe o curso de comissário de voo?

No Espírito Santo, o curso de comissário de voo pode ser feito em duas escolas de aviação civil. O importante para as pessoas que desejam cursar algo, é sempre certificar-se se a escola está homologada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), pois se não houver a licença necessária, o curso não tem validade.

2 – Qual o tempo de duração média do curso?

No Espírito Santo, o curso dura em média 6 a 7 meses, devido à dificuldade na formação de turmas e disponibilidade de dias e horários, mas em outros estados é possível encontrar escolas homologadas que ministram o curso completo em até 2 meses.

3 – Como saber qual é uma boa escola para o curso?

Eu particularmente, não vejo pelo lado da escola ser bom ou ruim para o aluno, pois o que é ministrado no curso é o básico para a aprendizagem do aluno. O objetivo da escola de aviação civil, é preparar o aluno para a banca da ANAC e não treinar o aluno profissionalmente para a carreira em uma cia aérea.

** A banca da ANAC é uma prova de 80 questões que deve ser feita após a conclusão do curso e sobrevivência no mar e selva. Essa prova é dividida em 4 blocos de 20 questões, onde o aluno deve acertar pelo menos 70% de cada bloco.

As matérias são: ESS – Emergência e Sobrevivência;  PSS – Primeiro Socorros; CGA – Conhecimento Gerais de Aeronaves; RPA – Regulamentação da Profissão do Aeronauta e Direito Aeronáutico.

O êxito do aluno depende cerca de 80% dele mesmo, com estudos em casa e treinamento em simulados.

Aqui você encontra a lista de todas as escolas homologadas pela Anac.
** basta preencher colocar o estado que deseja na aba “Busca avançada de entidades”.

Vida de Comissário de voo4 – Preço médio de investimento?

Atualmente, no Espírito Santo, os valores médios giram em torno de R$ 2500,00 o curso todo, esse valor normalmente pode ser parcelado, fica algo em torno de 400,00 reais por mês.

O aluno interessado, deve levar em consideração alguns gastos que não se enquadram no curso, como a retirada do CMA (Certificado Médico Aeronáutico), esse certificado deve ser tirado por algum médico especializado em medicina aeroespacial ou em juntas médicas aeronáuticas (RIO – CEMAL e SP – HASP/DEDALO) no início ou durante o curso, sendo que o aluno só pode cursar as matérias práticas de sobrevivência no mar e selva após a obtenção desse certificado.

Outro gasto importante que deve ser colocado na ponta do lápis é a prova da ANAC, a avaliação para comissários passou de R$ 200,00 para R$ 345,68, e só pode ser feita na ANAC, as mais próximas do Espírito Santo ficam em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro e em São Paulo, na capital mesmo. Caso o aluno interessado queira fazer em outra unidade, pode procurar no site da ANAC a unidade de sua preferência.

5 – Muita gente pensa que quem faz o curso só estuda sobre o serviço de bordo, mas na verdade o curso você aprende de tudo um pouco sobre a aviação, correto? Relata pra gente um pouquinho.

Muitas pessoas acham que Comissário de Bordo cuida somente do serviço de bordo durante os voos, mas a função primária de um tripulante de voo é a segurança operacional em solo e voo. O nosso trabalho começa muito antes da chegada dos clientes, checando os itens de emergência a bordo, como o desfibrilador, kits médicos, kits de primeiros socorros, barreiras universais, cilindros de oxigênio, extintores, portas e equipamentos auxiliares de evacuação, como as escorregadeiras.

Assim que um comissário é contratado por uma empresa aérea, o mesmo fica aproximadamente 2 meses em uma universidade corporativa passando por treinamentos teóricos e práticos sobre procedimentos de emergência, aprendendo a lidar com diversas situações que podem ocorrer a bordo, desde um simples desmaio até o óbito em voo.

Normalmente o treinamento nas empresas é dividido em: 1 mês treinamento teórico e prático nos “mockups” da universidade corporativa da empresa + 1 mês para instrução em rota e liberação das licenças e carteiras de voo.

Tudo na aviação tem um propósito, deixar o celular desligado, a poltrona na posição vertical e os cintos afivelados são medidas que visam a sua segurança.

Vida de Comissário de voo6 – É necessário saber inglês para trabalhar nas cia aéreas nacionais? Qual nível exigente?

O inglês é desejável, atualmente, se não me engano, todas empresas aéreas exigem. Não existe um nível específico, o profissional deve saber se comunicar de forma clara e objetiva.

Bom, acho que é isso, pessoal, espero que tenham gostado. Meu e-mail pessoal é lucasmento@gmail.com e meu Instagram é @Lucasmento, pelas minhas redes sociais vocês conseguem ver um pouco mais da minha louca rotina, e sempre que possível respondo as perguntas sobre.

Costumo dizer que a minha vida cabe em uma mala :)

Céus de brigadeiro!

Deivson Santana

Capixaba de 23 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. Viajante muquirana, mas que curte comer bem e gosta de hospedagem confortável. É o tipo que faz tudo por pontos aéreos.

Você pode gostar...

17 Resultados

  1. Camila disse:

    A matéria é show! E confesso pra você que achava que o curso era bem mais caro…

    Ta aí uma opção pros viajantes de plantão =)

  2. Quais são as escolas no ES?
    Gostei muito do post, parabéns ?

  3. KYSSILA SANTIAGO FERRAZ disse:

    Adorei !
    Me interessei , e pretendo em breve começar este curso :)

  4. Sandra disse:

    Quero muito fazer o curso .isso mesmo vou faze-lo.

  5. Milena Oliveira disse:

    Eu sou extremamente apaixonada por essa profissão, sonho em conseguir me formar nela, você me ajudou muito pois muitas coisas que eu queria saber e precisava, agora já sei ? e se Deus quiser meu futuro como comissária me espera ❤

    • Deivson Santana disse:

      Que bom que te ajudou, Milena! Espero que tenha uma carreira brilhante nesse céu de brigadeiro do mundão. Depois volta aqui e conta pra gente como tá indo o curso e tudo mais. Beijo. :)

  6. Janaina disse:

    Sério mesmo que pra viagens mesmo no território Brasileiro precisa ter inglês fluente ?

  7. Ana Cunha disse:

    Olá, primeiramente parabéns pela matéria!! Está ótima, e realmente me ajudou bastante :)
    Em segundo lugar, tenho uma dúvida na qual espero que consiga me ajudar: meu sonho é ser comissária, porém moro atualmente em Portugal, mas estou voltando para o Brasil em breve; e a questão é que; eu estive vendo uma escola perto de mim aqui em Lisboa, que é acreditada pela ANAC, e diz que me concede o Certificado de Tripulante de Cabine (que me deixa em conformidade pra trabalhar como comissária na europa). Porém gostaria de saber de com esse curso feito aqui, poderia , ao voltar para o Brasil me candidatar para trabalhar ai tbm?! Se é esse o certificado q recebemos fazendo o curso no Brasil?! E se Enfim, vale a pena gastar dinheiro com o curso aqui, visto que a duração dele aqui é de cerca de 1mes e 1semana (o que não é nem metade do tempo do curso feito aí)
    Espero que possa me ajudar con essa dúvida
    Grata pela atenção

    • Deivson Santana disse:

      Oi, Ana Cunha,
      que bom que a matéria te ajudou :D

      Falei com o Lucas, ele acha que o certificado não vale aqui. Se no site da ANAC está regulamentado, tenta entrar em contato com eles via telefone ou e-mail, eles com certeza saberão te falar melhor sobre sua dúvida.

      Desejamos boa sorte na jornada.
      Depois conta pra gente o que eles falaram

      http://www.anac.gov.br/fale-com-a-anac

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *