House sitting – hospedagem gratuita

Você tem uma vontade de fazer um mochilão”, eurotrip, ou conhecer algum país, mas a grana está curta? Trago uma novidade bem bacana para te ajudar: House Sitting é um dos meios de conseguir hospedagem gratuita.

Se você está planejando uma viagem um pouco mais longa e a grana curta, só o dinheiro já toma boa parte da hosepadagem do booking, calma que temos uma notícia boa. Já falamos aqui no blog sobre o Airbnb e sobre o Couchsurfing.(aqui e aqui). Agora é a vez do House sitting.

House Sitting é nada mais é que um tipo de hospedagem gratuita que alguém pode te oferecer. Por exemplo: um casal na Espanha vai viajar por um tempo e precisam de alguém para cuidar das plantas e dos bichinhos de estimação. É aí que você entra na história, se inscrevendo para tomar conta do lar deles, além das tarefas que os anfitriões deixarão.

Existem vários sites – espécie de redes sociais- que você pode participar, pagando um valor em torno de US$25 a US$100 por ano. Após o cadastro, basta ficar de olho nas oportunidades abertas existentes no país que você pretende ir.

Essa nova modalidade de hospedagem já é bem natural em diversos países, aqui no Brasil muita gente já participa também. – Já vi no site e tem muitos brasileiros com casas para receber a pessoa.

house sitting

Imagem Pixabay

Escolher o house sitting como forma de hospedagem é vantagem para os dois lados: O anfitrião não vai precisar pagar uma fortuna em canil enquanto viaja, e nem se preocupar em encontrar algo de errado quando retornar.

Para o viajante é a economia com a hospedagem, sem dúvida, além de poder usufruir tudo na casa – como se fosse o dono de verdade.

Ah, vale esclarecer também que nesse tipo de hospedagem não rola grana em nenhuma das partes. Se você for ficar na casa de alguém, não espere receber algum tipo de pagamento.

A economia nesse tipo de “hospedagem” pode ser bem grande. Você só terá gastos com sua alimentação –talvez nem isso, dependendo da família.

O house sitting é mais que uma “válvula de escape” para você pagar um pouco menos em sua viagem. Você vai ter experiência de um cidadão local.

house sitting (2)

Imagem Pixabay

Na hora que você for procurar pela casa, lembre-se sempre de ver o tempo de duração da viagem dos anfitriões, e se estão de acordo com a data que você quer ir.

Todas as dúvidas sobre a casa, você pode conversar com o próprio anfitrião pelos sites.

Dicas:

  • Certifique-se sobre o visto no país que você pretende ir; ficar hospedado pelo house sitting requer todas as burocracias normais.
  • Veja se as datas estão próximas ou de acordo com o período que você quer ficar no tal país.
  • É bom você saber o básico da língua do país que você vai, para haver comunicação entre você e o anfitrião da casa.
  • Não deixar de cumprir nenhuma obrigação.

 

Sites de inscrição

Sugerimos dois sites que têm mais casas espalhadas ao redor do mundo. Existem mais sites, mas resolvemos indicar só os dois abaixo.

Trusted House Sitters: É  site que possui o maior número de casas espalhados ao redor do mundo. É o mais caro também- US$9,49/mês.

House Cares -Tem várias casas ao redor do mundo também. O preço sai por US$50/ano.

 

Deivson Santana

Capixaba de 23 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. Viajante muquirana, mas que curte comer bem e gosta de hospedagem confortável. É o tipo que faz tudo por pontos aéreos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *