Viajar sozinho – liberdade

Várias pessoas acham que viajar sozinho é sinônimo de ficar solitário forever. Minhas viagens ultimamente têm sido na melhor companhia possível, a minha, é claro!

Viajar sozinho
Imagem reprodução: Pixabay
Viajar sozinho pode parecer mais legal do que muita gente pensa.
Se você é um tipo de pessoa comunicativa, nunca estará sozinho. No hostel fará amizades fácil, fácil. Sem dúvida.
Às vezes rola um certo medo de encarar tudo sozinho. Perrengue então, é bem chato. Mas nada que você não consiga. – Ainda estou me preparando para encarar meus medos em viagens internacionais.

As minhas últimas viagens foram só. Sempre consigo amadurecer alguma ideia, pensar na vida com mais calma, sabe? É bem libertador. Faz bem pro seu interior.

viajar sozinho
Imagem reprodução: Pixabay

Outro lado bom de estar só é que você fará seus horários e onde deseja ir.  Já aconteceu comigo de estar viajando em grupo e rolar uma discussão de qual ponto turístico ir primeiro. Isso é bem chato, além do mal-estar que rola com a galera.

Sabe uma coisa que aprendi com essas minhas andanças só? Você fica menos dependente das pessoas. Consegue se tornar mais independente.
Eu até que gosto de viajar com alguém, mas devido as agendas não baterem, estou me adaptando nesse novo estilo de viagem.

Óbvio que viajar só tem seu lado contra. Você não tem ninguém – de confiança para comentar algo. Ou às vezes no almoço e/ou na janta pode rolar um certo desconforto por não ter ninguém para conversar.

Eu tenho mania de falar comigo mesmo. Sempre converso comigo mesmo andando na rua em voz alta(?????). Já paguei vários micos em minhas viagens por conta desse meu modo de “comunicação”.
Como você se sente viajando sozinho? Comente aqui pra gente!

Deivson Santana

Capixaba de 23 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. Viajante muquirana, mas que curte comer bem e gosta de hospedagem confortável. É o tipo que faz tudo por pontos aéreos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *